terça-feira, 1 de dezembro de 2015

Sobre sonhos e ilusões










Ando meio cansada de sonhar. De ficar esperando um final feliz, um "fica tranquila que tudo vai dar certo". É mentira! Tem muita nuvem que esconde o sol, tem muita fumaça embaçando minha visão. De que adianta ficar esperando por você?
Eu te vi naquele dia caminhando no shopping. De longe, eu fingi que estava vendo a vitrine da loja enquanto acompanhava teu reflexo no vidro. Você estava feliz, parecia até mais jovem, como se estivesse comemorando algo: vi você brincando com uma criança, logo você que nunca quis ter filhos!
Foi inevitável deixar cair uma lágrima. A vendedora da loja se aproximou preocupada e eu tentei disfarçar, dizendo que o titulo do livro tinha me lembrado de uma história triste. A nossa história estava presente em toda a livraria! Tinha fragmentos nossos espalhados em todas as estantes...
Fiquei em silêncio, olhando teus passos leves e teu sorriso sereno... e vi você ir embora pisando em cada um dos meus sonhos e projetos. Você nem olhou para trás. Tive a impressão até que você cantava. E fiquei imaginando o que teria naquela sacola que você carregava... a sacola de nossa livraria favorita!
Eu só queria que ali tivesse o nosso livro, e que você pudesse depois sentar à sombra de uma árvore no "nosso" parque e, com saudade, ler a nossa história.
Eu queria muito que você risse e chorasse como eu, recordando cada um dos momentos que vivemos. Eu só queria que nosso livro terminasse com uma página em branco, e que ali tivesse espaço para reescrevermos o nosso amor.

Marcadores: , , ,

2 Comentários:

Às 3 de dezembro de 2015 08:45 , Blogger Lucas de Ávila disse...

Lindo, Céres. =)

 
Às 8 de dezembro de 2015 19:43 , Blogger Céres Felski disse...

Obrigada, querido! Beijo!

 

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial