sexta-feira, 14 de outubro de 2016

Sobre as noites...











Tenho os lábios sedentos
ávidos por beijos
insanos
na madrugada torpe
em que os risos combatem
entre os lençóis
amarrotados
frases soltas
memórias esparsas
versos loucos
cheios de suor
perfumes misturados
vinho tinto
e o som silencioso
de tua respiração.
Tenho sede.
Tenho fome.
Não demora.



Marcadores: , , , , , , , , , ,

2 Comentários:

Às 14 de outubro de 2016 17:27 , Blogger Evandro disse...

Nada melhora um beijo mais do que o vinho....e depois do vinho o universo silencia....tudo mais é poesia.

 
Às 14 de outubro de 2016 19:25 , Blogger Céres Felski disse...

Bem assim: o silencio gritando em versos!

 

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial