domingo, 27 de novembro de 2016

Solidão...










Eu ainda não acredito  
que você morreu...
Ando pelas ruas
sem rumo, sem nexo...
E vejo tuas vitrines,
o Sol que se refletia nos teus olhos.
Em casa,
esbarro em tuas gargalhadas...
Adormeço no teu abraço
e sonho com teu beijo.
As mensagens no celular,
os teus emails guardados, 
o vídeo de nossa canção...
Tudo isto está muito vivo!
E tudo é muito recente!
Me recuso a acreditar
que você morreu pro meu coração!






Marcadores: , , , , , , , , , , , , ,

2 Comentários:

Às 27 de novembro de 2016 23:03 , Blogger Mafê disse...

tem partidas que não nos deixam nunca, não é?
doeu aqui do lado de cá.

Beijo meu,
Mafê

 
Às 28 de novembro de 2016 15:54 , Blogger Céres Felski disse...

Uma honra ter teu comentário! Muito obrigada, querida! grande beijo!

 

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial