Oferta Poética...

por 22:03 0 comentários



Quando eu não tiver mais nada a fazer
Quando eu cansar de tudo enfim...
Vou sair pelo mundo 
Vou procurar bem no fundo
Pra ver se te acho em mim...
Talvez nesta busca infinita
Eu esbarre em cada ferida
E perca um pedaço até...
E então eu caminhe cegamente
Buscando um pouquinho da gente,
Em cada momento de fé.
Pode ser que daí eu entenda
Que a dor do outro é doída,
E então, curada a ferida, 
Pode ser que então eu aprenda.
E cole os mesmos pedaços
Que cairam dos meus
Nos teus braços,
A minha suave oferenda!

Céres Felski

Autora

Mineira de nascimento e catarinense por opção, apaixonada pela vida e por literatura. Médica, concilia as artes da medicina e da escrita em prosa e poesia.

0 comentários:

Postar um comentário